quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Assim como assim já está tudo nos preparativos

Boas saídas e melhores entradas.
P
Quanto ao bom ano, cá estaremos para tratar disso...
beijo
busycat


Hopefull last message of this year: http://www.youtube.com/watch?v=1AJmKkU5POA
Still trying to convince myself

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

30 ao 29

Meia hora de almoço, nem estou em mim!
P
30 anos de casados dia 30. Oh pai ganda paciência. Oh mãe és uma santa...
P
beijo
busycat

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

24/12, espera, isso é o Natal!!!*

E pronto cá estamos, mais um Natal (a correria para as prendas, os exageros culinários da minha avó e as tropelias dos meus putos mais lindos), basicamente mais um ano (os cabelos brancos já se manifestam), mais um quilo (que depois demora meio ano a ser abatido (e se for só um...)), assim de repente não vejo nada de bom mas deve haver.
Feliz Natal.
Advertências:
Cuidado com as velocidades e com o alcool que os policias precisam de guito e os outros condutores também querem chegar a casa por isso nada de acidentes.
Obrigada
beijo
busycat
*e eu trabalho :)

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

É a loucura*

Por dois dias desisti de ir às compras tal era a fila só para o estacionamento!
É só de mim ou isto anda tudo doido?
Eu só queria ir ao supermercado, tipo iogurtes, pão, fiambre, queijo e assim, nada de prendas, só bens alimentícios de suma importância, pelo menos na minha dieta (e por dieta entenda-se alimentação e não restrição alimentar para perder peso) mas não estava fácil, por isso hoje depois de trabalho, tentativa falhada de compras, ginásio (a adorada aula de body combat), casa, banho e jantar fui às compras e não é que ainda havia dezenas de carros fora dos 5 (mesmo cinco) parques de estacionamento às 10e30 da noite.
Ainda bem que já falta pouco para isto acabar......

beijo
busycat


*Podia dizer mais qualquer coisa neste título mas eu não digo palavrões

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Jantar da turma

Todos os anos junto-me aos colegas de 10-12º numa janta de natal, sem presentes com alguns ausentes mas principalmente com muita nostalgia... É sempre bom rever o ppl todo e saber como andam as vidas dos mais distantes e como passaram mais um ano (já lá vão 8 a caminho de 9). Invariavelmente chego a estas conclusões: estou mais velha, não tenho novidades e para o ano gostava de ter!
beijo
busycat

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Bolinhos

À falta de melhor humor, bolinhos.

beijo
busycat

sábado, 12 de dezembro de 2009

Être, To Be, Ser ou Estar

Je suis, I am e sou feliz é diferente de je suis, I am e estou feliz.
O mal de se ser feliz é saber reconhecer quando não se está.
E ainda dizem que a língua portuguesa é traiçoeira...
beijo
busycat

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Folhas

Estava numa de perguntar ao I como deixar só os ultimos posts e começar o ano com uma tentativa de ano novo vida nova e quem leu leu quem não leu lesse mas sou como as árvores podem ser de folha caduca mas voltam sempre a ter folhas iguais...

beijo
busycat

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Tempo

Durante anos Closure foi a minha musica preferida dos Chevelle. Agora já não é mas ainda quando a ouço no mp3 não mudo. Acho que no fundo a procura continua. Ponto Final

beijo
busycat

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Go before de flow

Compras e comprinhas e mais compras que isto no natal é sempre assim... Famílias grandes dá nisto. Mas há que ter em conta que há mais uns milhões com listas de coisas para comprar por isso fui cedo e resultou. Já tenho quase todas as prendas de natal. Faltam o R F e a Pips. Foram precisas 4horas e 3centros comerciais e até tive direito a uma mala para mim e tudo!

P

Good mood

P

E antes que chegue o dia de amanhã vou aproveitar o bom humor para partilhar. Fui ver o Lua Nova e a sensação que ficou (sabendo previamente a história e tendo vistos os trailers, sim, os 3 diferentes que andavam a circular) foi ter planos para ir ver um desfile de moda e deparar-me com um desfile da Victoria Secrets. Basicamente foi impossível ignorar tanto bicep, tricep e abdominal, tal era a abundância. Faço-me entender?

P

beijo

busycat

sábado, 5 de dezembro de 2009

Piada do dia e coisas que não se podem dizer

Colegas queixosos de cansaço e falta da hora de almoço a semana toda por falta de colegas.
Isto era a piada. O que aparentemente não se lhes pode dizer é que eu estive assim durante meses.
P
Tão giro.
P
beijo
busycat
P
(aparentemente são pensamentos azedos (ou assim me disseram) e por isso peço desculpa ao A. e a Mari por partilhá-los aqui mas não há mais ninguém.)

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

:(

Começou a Taça Davis e eu não tenho sportv... (vou seguindo em tennis.com e ja vai com sorte)

beijo
busycat

PS: ainda por cima é ganho à melhor de cinco! (20:44)

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Muitas coisas

Os grossos conhecem-se todos. E cada um conhece um cromo. E ainda bem, senão eu não conhecia ninguém.



Que o Natal é paz, que o Natal é amor não tenho dúvidas...

Pra mim é sempre a mesma merda.

Qué queu vou dar a esta gente toda????

Não ser lida é normal, o que não faltam prai são pessoas que escrevem parvoíces como as minhas. Não ser muito lida é capaz de ser o ideal porque quando se é muito lida é uma seca, a pipoca e a luna têm montanhas de comentários e precisam de ter uma paciência para aturar aquilo tudo que vai lá vai...


Já estava com saudades. Fui ver a Pips mas soube a pouco :(

Gostava de ser arrebatada por um futuro (não exclusivamente) mas tendo em conta a minha auto estima em constante menos um a primeira reacção seria, estás a gozar comigo, pelo que nunca iria resultar. Em certos casos queremos ser levados a sério desde que abrimos a boca.

Ironia: pelos vistos não domino a técnica. (dá para perceber?) Isto dito por mim tem mais piada ainda

Ainda não vi o Lua Nova. Sem stress...

Estou neste momento a dividir casa com duas amigas. Eu explico. Elas são amigas, eu partilho a casa com elas.

E entretanto o Davydenko ganhou o open de Londres ganhando a Federer nas meias e a Del Potro na final. Foram jogos bonitos por acaso. (Agora, mesmo que dê ténis na tv, só vou a casa dia 19 (já estou a ressacar))

beijo

busycat

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

R F

Tenho um colega que detesta ajudar no trabalho mais pesado. Diz que não faz parte das suas competências e que não estudou, tudo o que estudou (licenciatura por enquanto), para andar a fazer aquilo.
Eu sei que não é trabalho que nos valorize mas também não me diminui. O meu cérebro não pára aquando o uso dos músculos mas isso, às tantas, sou eu, que faço musculação no ginásio...
Irrita-me imensamente mais receber ordens de pessoas incompetentes e estúpidas e infelizmente acontece serem os parvalhões os chefes!
beijo
busycat

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

É só comigo?

A minha lista de leitura não actualiza todos os blogs. Já descobri dois :(
Ora bolas, anda uma pessoa enganadinha a perder leituras de qualidade por causa sei lá do quê. Não se faz!!!
beijo
busycat

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Eco-multipost domingueiro com delay*

P
Incongruências
P
A minha trepadeira preferida tem esta flor.
P
P
Percebem a incongruência se souberem que detesto roxo.

Como se fosse possivel esquecer-me
P


Até 6a

E nem sequer choveu
P

Dá para perceber que vinha aí mau tempo e que eu me dirigia naquela direcção?

As caminhadas começam mais cedo
P
Domingos quase perfeitos como este que dão para dormir bem e por isso pouco mas que servem para pastelar na cama um bocadinho, para tomar um pequeno almoço reforçado e tarde como pedem os domingos, fazer caminhadas, desta feita até ao centro comercial mais próximo. Dão para encontrar algumas coisas de que gostei e fazer compras, dão para regressar a casa carregada de sacos sem apanhar chuva. No fundo poupa-se o carro, gasóleo e o ambiente, gastam-se calorias e dinheiro e quem fica mesmo a perder é a conta bancária.

P
beijo
busycat

*pensamentos tidos while walking around

Isto é tão verdade

que até dói.

beijo e abraço
busycat

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Os meus são mais ou então são piores (será que são mais e piores?)

Defeitos.
Tenho.
Sei que tenho.
Às vezes ao ver certos casais penso que ainda há por ai uma tampa à minha medida.
Outras vezes descubro que há procriações e perco toda e qualquer esperança.

beijo
busycat

Já percebi

que devo ser a única que abomina a música I got a feeling mas se puderem por isso a tocar menos vezes (eu já nem peço para parar) fico muito agradecida.
brigada
beijo
busycat

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Quando eu for crescida

quero organizar eventos familiares, mesmo que não sejam para a minha familia...

beijo
busycat

domingo, 15 de novembro de 2009

Incha porco ou melhor gonfle porc

Fica-se assim quando se tem um 6a2 em 32 minutos e depois se demoram mais de 2h e meia para vencer um torneio em tiebreak e por uma dupla falta do adversário...
Parabéns Djokovic, até a vista Monfils.
beijo
busycat

Curtas (sem expectoração)

Não percebo o suicídio como solução (já o disse mais de uma vez) mas acho que tem de se estar mesmo muito mal para parecer a única solução.
P
Trabalhar doente foi das piores experiências que já tive mas o que me fez realmente falta foram as aulas de body combat.
P
Marat Safin saiu após derrota com Del Potro :(
P
O Paribas Masters em Paris está-me a dar um bom fim de semana de visualizações. (Apesar de ser no sintético e ter panisguisses como o chalenge) Monfils vs Djokovic na calha. Ontem ainda vi o Del Potro desistir e dar a vitória ao Stepanek e hoje de manha vi o Monfils bater o Stepanek. (para já 6-2 e 3-0 para Djok)
beijo
busycat

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Interesse médico

Alguém está interessado em observar um pulmão a olho nú? Tenho o pulmão direito quase quase a sair pela boca, é so combinar o local de encontro.
beijo
busycat

domingo, 8 de novembro de 2009

A melhor resposta

Porque não haveria de ser!

beijo
busycat

Much better now

A gripe já cá canta.
Para quem já teve mais de 39 de febre, andar pelos 37 é canja...
Vendo o lado positivo, (a gaja) veio passar o fds, está no ir e agora já posso ir ver o Lua Nova descansadinha que a imunidade está adquirida:).


beijo
busycat

PS: por falar em canja, imaginem o que foi o meu almoço. Ainda bem que eu gosto. Tenho uma mãe muito querida...

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Teriste*

Vai uma pessoa tão diligentemente comprar coisas para oferecer aos meninos que costumam vir cá ao prédio cantar o bolinhos bolinhós e não aparece nenhum???? E agora tenho pacotinhos de m&m e pacotinhos de mini pintarolas e chupa-chupas que tenho de comer.

Sinceramente, não se faz...

beijo
busycat

*como a prima M dizia antes de ir para o jardim-escola (teriste e terança e ódinha (as in:sozinha). Saudades

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Séries

Sou uma fã convicta de séries e só muito recentemente tenho acesso a mais do que as diárias da rtp2, vendo algumas do axn e muitas da foxlife sendo que também recebi umas pelo correio (gentileza do T.) que me deu uma temporada de Chuck como prenda de Natal (gostei muito) e para completar o cd adicionou surpresas. Uma das surpresas foi:




Gostei muito da história da série e de ir descobrindo a verdade a cada episódio mas este post serve apenas e exclusivamente para avisar que vai estrear em breve na fox life e se alguém for fã da Eliza Dushku tem nesta série uma bela duma oportunidade para a ver nos mais variados cenários (literalmente).








beijo
busycat

One O one

Reparei agora que escrevi o 101º inner thought... Xiii, tanta caca que aqui vai, sorry.

beijo
busycat

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Importa dizer (ainda por causa do post anterior)

Fiz o último ano enquanto trabalhava e só fui a uma aula de psicossociologia ou sociopsicologia (já nem sei) na qual vi um filme que mostrava que somos tratados dependendo de como tratamos o outro. Sei por experiência própria que não é assim tão linear mas ainda assim aquilo ficou-me e foi por isto que pensei que andava a passar uma mensagem de superioridade (às tantas subliminarmente).
beijo
busycat

I wonder

Sair com a mana tem destas coisas: mais convivência com os amigos da mana (aqueles). Um em particular já me tinha deixado a pensar nisto. Pareço convencida? Do género: mostro de alguma maneira ares de superioridade, como por exemplo, por ter um curso superior que ele não tem? Porque as conversas (se assim chamássemos ao que houve) acabaram em: sim, eu também estudo (quando a minha questão foi: estudas o quê? Hello!, curiosidade) e ganhei-te (quando efectivamente me ganhou no bowling, Hello! lá porque gosto não quer dizer que seja pró). Na altura ficou a dúvida, que foi rapidamente esquecida até que a mana fez anos* e a convivência repetiu-se e as dúvidas voltaram. Não aguentando a pressão perguntei à mana se ela achava que eu o fazia (sei lá, às tantas insconscientemente ou assim). Ela disse que não mas perguntou porque raio lhe perguntava aquilo. Com uma breve descrição de situações ela garante-me, a rir, que ele é mesmo assim, com toda a gente.

Estou um bocadinho mais descansada mas se derem conta de alguma coisa digam.

obrigada
beijo
busycat


*20. Mas alguém faz 20 anos nos dias que correm??? :P Parabéns mana!!

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Só para o caso de ainda não terem dado por isso

Posi..Equipa..Pnts..Jogos..Venc..Empat..Derrot..G Marc..G Sofrid
1.... Benfica.. 22... 8...... 7........ 1....... 0....... 30....... 5
2.... Sp. Braga.. 22... 8...... 7........ 1....... 0....... 13......... 4
3.... FC Porto... 19... 8...... 6....... 1........ 1....... 18......... 6
4.... Nacional.... 11... 8...... 3....... 2........ 3........ 8......... 14
5.... Rio Ave..... 11... 8...... 2....... 5........ 1......... 8.......... 6
6.... Sporting.... 11... 7...... 3........ 2....... 2......... 8.......... 6
7... Marítimo.... 11... 8..... 3........ 2....... 3......... 12........ 10
8.... U. Leiria... 10... 8..... 2........ 4........ 2......... 12......... 8
9......... Leixões
10........Belenenses
11........Paços Ferreira
12....... V. Setúbal
13....... Olhanense
14 .......Naval
15 .......V. Guimarães
16 ...... Académica

sempre às ordens
beijo
busycat

Por aí

Há pessoas que têm muita paciência e eu que acho que até sou bastante paciente mas há pessoas que nunca deixam de me surpreender pelo tempo dispendido com gente que não interessa nem ao menino Jesus (sem falar em Deus que isto hoje anda tudo de biblia debaixo do braço nunca se sabe quando vamos apanhar com uma na pinha...).

O melhor exemplo: A Ana (ex Luna) do Crónicas das Horas Perdidas.

beijo
busycat

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Gosto

de boas noticias. Tenho lido algumas e eu também vou tendo algumas que só não partilho porque o ano tem sido meio estúpido e mais vale não arriscar. A ver vamos...
beijo
busycat

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Bato-lhes

Se mais alguém me diz que morro, mesmo sem fumar ou beber ou tendo cuidado com a alimentação, bato-lhes. Já ouvi de tudo desde o morres na mesma ao queres ser um cadáver saudável... É que eu não tenho medo de morrer (deve ser a única coisa da qual não tenho medo) mas assusta-me imenso a forma como pode acontecer. É daquelas coisas, sempre uma questão de probabilidades, posso ter cancro de pulmão, esófago, garganta, lingua, etc, etc, etc mas prefiro não ter mais esse peso na minha consciência (sim, eu tenho disso). Ou então o facto de não beber e ter cuidado com a alimentação. Eu não tenho medo de morrer de AVC só tenho medo é de não morrer dele e ficar presa dentro deste meu corpo, que eu não gosto mas que me vai permitindo fazer as coisas que gosto. Por isso não me venham com merdas que eu não tenho medo de morrer, tenho é medo de como vai ser.
beijo
busycat
*Também me assusta de morte, afogamentos e queimaduras, pelo efeito sensorial associado...

domingo, 18 de outubro de 2009

Nem tudo foi em vão



Novak Djokovic (2009)

Depois de ter eliminado (o meu) Djokovic, Davydenko jogou hoje contra Nadal, que tinha defrontado Lopez e ganhou o Open de Shanghai. E eu, que não tenho nada contra Nadal fiquei contente... Afinal de contas se Djokovic perdeu, ao menos perdeu para o campeão. E foi um jogão. Com breakpoints para ambos os lados, alguns concretizados outros falhados por milimetros, com alguns pedidos de challenge um dos quais decidiu a vitória de Davydenko. Houve ases e duplas faltas, trocas de bola longuissimas e muitos winners e muitos, muitos pontos a doer. No fundo valeu a pena levantar às 9e30.




beijo
busycat

sábado, 17 de outubro de 2009

Já expliquei...

...como prometi.
http://extraordinariamentecomum.blogspot.com/2009/09/nestas-ferias-o-ceu-foi-o-limite.html
beijo
busycat

Great beggining

Que tal começar as férias com 3horas de Davydenko vs Djokovic?
P
Perfect*
P
beijo
busycat
P
ps: obrigada pai pela sport tv...
P
*pena ter ganho o Davydenko que eu preferia a vitória do Djokovic
(resumidamente: 1ºset Djokovic 6.4, 2º set Davydenko 6.4, terceiro set 7.6 davydenko com um tie break muito desigual)

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Culpa inteira

Eu não disse que era tótó? Sou. Querem ver?
Quem é que disponibiliza um endereço de email na esperança que a mandem a merda apenas através dele e depois não o consulta? É que depois dá-se o caso de receber um (UM) mail interessante e demora-se quase um mês a dar conta disso.
Eu bem disse que preciso de um alerta tótó (e isto antes de ver o mail, imaginem agora).
Pedro, so sorry.
beijo
busycat

Little help

Duas perguntas.

Como é que se adicionam autores num blog? (o que eu percebo disto é assustador)

Há alguma maneira de adicionar ao blog uma tira ao canto que diga: alerta tótó? (assim já ficam avisados à partida, é que eu não estou cá para enganar ninguém)

brigada
beijo
busycat

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Curtas mas sentidas

As verdadeiras giras ficam bem até de fato de treino.
As aspirantes a giras não comem.
beijo
busycat

domingo, 11 de outubro de 2009

Reflexão do dia

A falta de uso é sem dúvida o catalisador da degradação.

Por isto e não só uso o coração em muitas decisões que tomo, nem que seja decidir ir levar o jantar (feito por mim) a uma pessoa (que por acaso só ganha o dobro de mim) porque gosto dela e ela estava mesmo a precisar de um miminho.

beijo
busycat

High maintenance girl (as in: a minha sista)

Quando aos 6 anos ela já me dizia (a mim que tinha 12) que eu era uma parva por ir para casa quando tinha furos e que se fosse ela ficava na escola (ou não!) e quando na terceira classe ela me dizia que estava farta de estudar, dá para ter uma ideia da aversão que a minha irmã tem à escola. O que me chateia realmente no facto de ela não ter prosseguido nos estudos é o real desperdício de potencial e daí as minhas tentativas de lhe mudar as ideias.
A sua actual situação monetária já lhe está a dar uma ideia de ausência de futuro bastante fidedigna. E associando a ideia de que, mesmo com uma licenciatura, preciso de trabalhar 35 horas semanais, conjuntamente a um sábado de 11h, num mês em que não tenha férias a descontar para fazer parte da geração mileurista tenho esperança que a sua visão de futuro esteja em reavaliação.
É que eu não tenho muitos gastos supérfluos e um dos meus maiores prazeres é ir ao ginásio (30euros mensais) e cozinhar para mim e para os que me rodeiam (são a maioria dos meus gastos de supermercado) e pouco mais e mesmo assim nunca sobra muito ao final do mês... Já a minha irmã só em roupa, sapatos, malas e saídas (o que ela gosta portanto) gasta o ordenado num suspiro.
A ver vamos...
beijo
busycat

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Mal interpretada?

A minha irmã tem amigos que lhe ligavam, às vezes mais de uma vez por dia, enviavam mensagens de convite para tomar café e por vezes pedidos de ajuda que não eram mais que pedidos de de companhia. A minha irmã agora tem namorado (o primeiro que se intitula de tal) e quase todos deixaram de ligar ou até de mandar mensagens.
Eu tenho uma amiga a quem ligava, às vezes mais de uma vez por dia, enviava mensagens com convite para conversa pelo msn e até pedidos de companhia. Ela agora tem namorado. Eu não ligo tantas vezes, mando menos mensagens e raramente falamos no msn.
Porque é que os amigos da minha irmã o fazem não sei mas eu faço isto porque ela agora tem menos tempo disponível.
É que a minha relação com ela é para sempre e eu quero que ela tenha todo o tempo do mundo para descobrir que a relação entre eles também.
Espero não estar a ser mal interpretada.
beijo
busycat

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Certas coisas e pessoas

Deixam-me tremendamente maldisposta por serem más e estúpidas e arrogantes e retrógradas entre outras características fofinhas mas prefiro não escrever sobre elas de modo a não as imortalizar e com um pouco de sorte daqui a uns tempos quando reler isto já não sei a que me refiro...
beijo
busycat

sábado, 3 de outubro de 2009

Não leiam

Depois não digam que eu não avisei

O George foi-se mesmo a Izzie foi só um susto*.

Beijo
busycat

*sei porque o T. foi um querido e tem sido um querido e me tem animado nestas alturas mais estúpidas com atenção a pequenos pormenores como a minha acentuada inveja pelas séries que vê (só em agosto: os últimos eps de 24, Doll House, todas as temporadas de Grey e Gossip Girl) enviando-me o primeiro ep. da 6a temp. de Grey (pelo correio). Obrigadíssimo

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Help

Alguém sabe uma reza ou mesinha para levantar maus olhados, invejas e afins? Não pode é ser só para mim, tem de ajudar também os meus colegas de trabalho. Pode ser? Por favor? Que isto está-se a tornar insuportável.

beijo
busycat

Gestão

Gerir associações é muito difícil, e não me refiro a associações sócio-culturais e recreativas mas a associações pessoais. Aquelas que se fazem entre pessoas e sítios e pessoas e músicas e pessoas e situações, etc. Associações que tornam esses sítios, músicas e situações memoráveis. São sentimentos que só fazem sentido por causa dessa pessoa e são uma chatice porque dão uma trabalheira para desassociar (isto se algum dia o conseguirmos). Não conheço nenhuma forma rápida e indolor para desassociação e como começar de novo noutro sitio qualquer está fora de questão vai-se vivendo com as associações e com as pessoas associadas.
beijo
busycat

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Sem comentários (no ginásio)

Pensamento do dia: preciso de um coisinho na minha vida. Preciso que me acelerem a pulsação, estou farta desta hipotensão.
Coincidência do dia: o mais recente ex-coisinho aparecer hoje no ginásio quando eu já não lhe punha a vista em cima vai para um ano...
Sem comentários

beijo
busycat

domingo, 27 de setembro de 2009

Terminou hoje oficialmente

a minha época balnear.
Agora tratar de lavar a toalha e o fato de banho para guardar. Até para o ano, gostei muito, beijo.
beijo
busycat

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Parâmetros

Para tudo na vida é necessário o uso de parâmetros. Para avaliar os últimos meses de actividade laboral só preciso de dois.
A hora de almoço é inexistente quando muito tenho meia sendo que a maioria dos dias tenho 1/4. As idas à casa de banho são quando acordo (+/-8) e quando chego a casa(+/-18).
Dá para perceber que se isto continua por muito mais tempo me dá uma coisinha má?
(Se eu fosse pessoa de desmaios, úlceras ou depressões acentuadas já estaria de baixa tal é a persistência nesta situação)
beijo
busycat

Não é meu costume

Só mais duas filosofias e depois acabou-se
P
P
Depois de homem roubado trancas no coração.
P
P
É nos impasses que está a verdeira perda de tempo.
P
P
beijo
busycat

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Filosofando II

Happy people don't write. Too busy being happy.

beijo
busycat

Filosofando

Os Homens estão para o Aquecimento Global como os aceleras para os semáforos de controlo de velocidade. Conseguem passar mas deixam sempre o vermelho para quem vem a seguir...

beijo
busycat

domingo, 20 de setembro de 2009

Este fim de semana

houve um especial: fecho de pista...
Primeiro fechámos o bowling, depois fechámos a pista 2 da green e de seguida fechámos os olhos (por 3h que amanhã trabalha-se e há roupa para passar e malas para fazer e irs para tratar e viagem de volta).
beijo
busycat

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

A minha passagem preferida

do livro que acabei de ler.
"Quando se deixa cair um copo ou um prato ao chão provoca-se um estrondo de estilhaços. Quando o vidro de uma janela se quebra, a perna de uma mesa se parte, ou quando um quadro cai da parede faz barulho. Mas quando o vosso coraçao se parte, isso acontece no mais absoluto silêncio. Podem pensar que, como é uma coisa muito importante, talvez devesse provocar o barulho mais sonoro jamais ouvido, ou então até devia fazer um ruído qualquer cerimonioso, como o gongo de um címbalo ou o toque de uma campainha. Mas é silencioso, e vocês quase desejam que houvesse um barulho qualquer que vos distraísse da dor que sentem.
Se há algum barulho, ele é interno. Grita e ninguém consegue ouvi-lo excepto vocês. Grita tão alto que os vossos ouvidos retinem e a cabeça vos dói. Fustiga-vos violentamente o peito como um grande tubarão branco apanhado no mar; ruge como uma mãe ursa cuja cria lhe tivesse sido tirada. É isso que parece e é assim que soa, uma grande fera que se debate em pânico por se sentir presa, bramindo como um prisioneiro que quer gritar o que sente. Mas o amor é assim; ninguém está a salvo. É tão brutal quanto isso, tão lancinante como uma ferida aberta na carne e exposta à água salgada do mar, mas quando se quebra mesmo, fá-lo em silêncio. Vocês só gritam para dentro, e ninguém consegue ouvir-vos."

Gostei.

beijo
busycat

(retirado de "Se me pudesses ver agora" de Cecelia Ahern págs 230 e 231.)

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Estava mesmo a precisar

No blog do Arcebispo estava este post:

Se agora por altura das eleições, receber um mail com o assunto, “Manuela Ferreira Leite toda nua ", não abra o mail e APAGUE IMEDIATAMENTE.
Não é um vírus, nem malware, um worm ou trojan horse.
É mesmo ela, toda nua.

Fez-me sorrir e eu estava mesmo a precisar. Obrigada

beijo
busycat

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Pequenas descobertas

Não contente com a avultada soma que me é retirada para o IRS ainda falho no acto de submeter a porcaria do impresso online e agora recebo a bela da multa.
A vida é bela
beijo
busycat

Um domingo produtivo (post multipost)

Confirmação das minhas suspeitas

-Esse bronze fica-te bem.
(o que responder????) -Obrigada.

(Considerando que o meu ''bronze'' é mais ou menos cor de pêssego!)

(eu suspeitava que esta cor me fica bem porque me permite parecer um ser vivo em contraste com o tom fantasmagórico que costumo ostentar, agora está confirmado)

Pleonasmos* e Eufemismos**

Eu sou tímida e introvertida.
Geralmente um pleonasmo no meu caso um eufemismo.

O meu galão diz tudo sobre mim

Quente (todo o ano) mas clarinho e sem espuma.


beijo
busycat

*O pleonasmo é uma redundância (proposital ou não) numa expressão, enfatizando-a.
**Eufemismo é uma figura de estilo que emprega termos mais agradáveis para suavizar uma expressão.

sábado, 12 de setembro de 2009

Facebook vs Hi5

Os meus conhecidos descobriram o Facebook. Não, este post não deriva do atraso informático que me rodeia (e eu sou sempre das últimas a aderir) mas da reacção à palavra Hi5. Até a semana passada actualizavam o Hi5 a cada 2 dias (alguns duas vezes ao dia), agora que têm Facebook fazem uma careta quando se fala de Hi5 como se olhassem para uma poia deles saido com nojo e perguntassem fui eu que fiz aquilo???? (sorry, mas é mesmo essa cara). Mas o que é que se passa com esta gente? Afinal o Facebook não passa de mais uma rede social e cada qual faz com aquilo o que bem entender (assim como eu faço com o Hi5). Pessoalmente a única diferença entre o meu Hi5 e Facebook são os amigos. Se no Hi5 tenho 3 amigos no Facebook tenho 2 mas mesmo assim a percentagem é melhor no Facebook (2 amigos em 5).
P
Caros conhecidos, cresçam.

beijo
busycat

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Aperfeiçoar o perfeccionismo (A parvoíce depois do sono)

Já dizia a minha professora da primária à minha mãe que eu demorava mas fazia tudo muito perfeitinho. 20 anos depois a única alcunha que tenho é relacionada com a tentativa de obter a perfeição. Sempre ouvi dizer que a prática leva à perfeição. Digamos que já ando a praticar à um tempo...
beijo
busycat

(nunca disse que dormindo as coisas iam mellhorar:))

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

A cair para o lado

É como me sinto agora. Isto de não conseguir dormir já começa a deixar marcas. Uma pessoa até nem costuma dormir muito mas quando o pouco se traduz em quase nada durante alguns dias seguidos é dificil ignorar a irritação. Bem ontem a extensão da insónia foi tão grande que ainda deu para ver o Federer dar um bailinho ao Soderling, e não porque este último não estivesse a jogar nada (ao contrário do Djokovic umas horas antes) mas porque o Federer estava um autentico canhão em campo. Nem tudo foi tempo perdido mas a ver se hoje já durmo em condições que amanhã já é sexta-feira...

beijo
busycat

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Curtas do dia

Voltei, voltei. Voltei de lá. Não, não fui a França mas agora já estou cá. Primeiro dia de trabalho: colega de casa------> colega de trabalho. Muito bom.



Sou da terra batida. Indiscutivelmente rendida. Mas este (que eu não costumava ver) US- Open está-me a sair melhor que a encomenda. Ter Eurosport também ajuda :).

beijo
busycat

Consciência

A frustração deixa muitas gavetas abertas.
(tradução: vou dormir mal outra vez)

beijo
busycat

Nestas férias o céu foi o limite

Estas férias foram as primeiras férias desfasadas dos meus pais e irmã. Por norma temos férias em conjunto ou no mínimo com a minha irmã mas este ano não deu pelo que foram planeadas actividades individuais. Ler, fazer um puzzle, andar de bicicleta até a praia, dormir até mais tarde e guardar tempo para as actividades familiares, seja ir ao bowling, ao cinema ou à disco com a mana, seja ir à praia ou ao parque com os meus putos, ou ajudar a minha avó.
Mas agora, surge a questão: como é que o título está relacionado com o post?
E eu explico tal como prometi.
Depois de comprar e terminar um puzzle com balões de ar quente (no céu), idas à praia de bicicleta sob um enorme céu azul, (céu), acabei por encontrar a verdadeira frustração puzzliana no céu do puzzle da minha irmã. Por isso o céu foi literalmente o meu limite.
O Puzzle
P
23.8.09........................................24.8.09


25.8.09

26.8.08......................................28.8.09
30.8.09
5.9.09
As idas à praia de bicicleta
2a 24.8.09
P

P
P
P
3a 25.8.09
P

P
P
(Berlenga)
P
P
P
P
P
P
(a 50 min. de casa de bicicleta)
P
P
As idas ao bowling
P
P
P
beijo
busycat

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Pequeno aparte

Os amigos da minha irmã têm um grande problema.
São giros!
É uma chatice.
beijo
busycat

I, agora já podes.

:(, acabou.

beijo
busycat

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Não é tão giro?


Não é o puzzle das 1500 peças (esse tem tanto céu que já estou a desesperar), este só tem 500 peças mas é tão giro que não resisti até ir para Coimbra para o fazer. Abri-o ontem à tarde e depois do bowling acabei-o. Parece 3D porque é uma imagem holográfica. Existem outros motivos na Porta Aberta (loja na R. Prof. Manuel J António 1) como peixes e planetas e assim mas este foi o que gostei mais. Um tema levezinho, perfeito para as férias:).
P
beijo
busycat
P
ps: uma semana já está. NEXT!

sábado, 29 de agosto de 2009

ps

Já acabei de ler A ameaça e comecei a ler o Amanhecer.
I, daqui a uns dias já podes contar o final:)

beijo
busycat

Fantástico

Não sei se reparam ou não mas aqui fica a ressalva.
Ainda não fiz um post de jeito (fora todo o blog) estes dias.
Estar de férias é bom mas estas férias ainda estão a ser melhores, nem tenho tempo para posts profundos ou semi-profundos. Fantástico.
beijo
busycat

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Quarta feira chegada

semana acabada.
Ou assim se diz lá no burgo. Mas foi um dia de praia tão grande e tão bom que mesmo que não tivesse acabado em G.I. Joe tinha sido uma grande quarta-feira.
Quero lá saber que esta semana esteja quase no fim. Para a semana há mais:)

beijo
busycat

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Diário de bordo

Estava a brincar :D
Não vou escrever tudo o que fiz no 2º dia de férias, era só para assustar...

beijo
busycat

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Diário de bordo

1º dia de férias
Dormir até as 10h (um mimo).
Pequeno almoço à grande.
Puzzle (ja vai quase com 900 peças ordenadas, mais coisa menos coisa).
Tarefas domésticas até ao meio dia e tal (quando chega a mãe).
Vestir, almoçar e puzzle depois de ir buscar a mana.
Levar a mana e ir a praia de bicla (só de ciclovia até à praia são 5,2 km, mais os 3 km até a cidade e mais 1km até a ciclovia, ida e volta dá a modica quantia de 18km).
Tomar banho, ir buscar a mana, levá-la às compras e alugar um filme (o tão desejado Amor em Tempos de Cólera).
Jantar.
Puzzle.
Postar.
Filme.
beijo
busycat
Ps: cada espera para trazer a mana foi acompanhada pel' A Ameaça senão nunca mais o acabo...

sábado, 22 de agosto de 2009

Muda pouca coisa mas ainda assim fica o aviso

Estou de férias.
Tenho 750pág de amanhacer para ler depois d' a ameaça do ken. Tenho 1300 peças de um puzzle para organizar (as outras 200 são a moldura (que a mana fez) e mais umas quantas que me entretiveram hoje), tenho bicicleta para ir dar umas voltas, praia para ir dar uns mergulhos e algumas horas extra para dormir.
Vou passando por cá... Espero que o resto do ppl também.

beijo
busycat

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Eu e a Mana

Eis que após, mais ou menos, 16 anos de brigas e embirrações, eu e a mana nos damos bem vai quase para um ano. Posso afirmar que é uma coisa muito recente, pois eu deixei de lhe achar piada aos 2 anos e ela está quase nos 20. Não podíamos ser mais diferentes (física, ética e socialmente). Segundo ela a explicação, após a minha exposição relativa à minha óbvia idade mental, é simples. Ela também tem a minha idade mental, pelo que é-nos mais fácil entendermo-nos.
(Ou assim lhe disse um ex mal resolvido quando a viu com o actual aspirante a namorado (que isto com a minha irmã nunca se sabe em que estadio se está...).)
Criança, acreditas mana? Eu, criança! LOL
Na verdade a minha irmã (mais nova) é mais experiente que eu em muitos aspectos da vida, o que lhe deu um conjunto de conhecimentos (um certo know how), para resolver situações e imprevistos que eu não tenho. Não que eu faça filmes face a situações novas mas ela já as ultrapassou antes delas lhe surgirem.
Eu gosto muito da minha irmã (mesmo durante os 16 anos mais complicados entre as duas, pois a nossa maneira de ver a vida era tão antagónica que eu não conseguia entede-la ou fazer-me entender, basicamente eu tornei-me adolescente a pressão e depois estagnei) sempre quis e quero o melhor para ela mas por vezes acabo por perceber que ela não precisa de mim e quem precisa dela sou eu.

beijo
busycat

(Não lhe digam, está bem? Obrigada)

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Pedidos

D. L.: Amanhã preciso de ir ao Centro de saúde.
Eu: É para pedir coisas necessárias ou podemos pedir qualquer coisa?
D. L.:Porquê?
Eu: Porque amanhã precisava de encontrar o homem dos meus sonhos.

(só porque me dava jeito)

beijo
busycat

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Como o Michael Gray




I can´t wait for the weekend to begin...

beijo
busycat

domingo, 16 de agosto de 2009

Hoje foi assim

bandeira verde;



beijo
busycat

sábado, 15 de agosto de 2009

A colega de casa ideal

Descobri a minha colega de casa ideal. Até hoje só partilhei casa com 4 pessoas e a ideal tem as seguintes características: Rapariga trabalhadora com namoro estável e namorado paciente que ache que 10h na cama não é dormir é hibernar.
Fundamento: Quem cozinha para duas ainda cozinha melhor para três. Quando depois do jantar for para o quarto ver as minhas séries não fica chateada porque tem companhia para as novelas. Não está sempre desejosa de ir sair para ver gente pelo que não me melga para ir com ela. Mesmo nos fds em que ambas ficamos cá posso ir a minha vidinha que ela tem a dela. A casa está sempre habitada e há histórias giras para partilhar. Descarrega as maiores frustações no namorado mas está ligeiramente disponivel para as minhas. Dividem-se as tarefas domésticas :). Entre outras coisas.
Quanto a hibernar, desde que acorde antes do almoço já me dou por satisfeita.

beijo
busycat

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

O Sol. do estado civil nem sempre brilha

Acredito que muitas coisas devem saber melhor feitas a dois mas enquanto não chegas vou vivendo como posso nesta imensa sala de espera que é a minha vidinha.
Espero que esteja sol, espero que o carro funcione, espero não apanhar transito, espero que haja lugar para estacionar, espero que o dia de trabalho corra bem, espero que seja dia de ir ao ginásio, espero que estejam lá as boas vistas que eu preciso, espero que seja dia de série imperdível, espero dormir bem e espero quando acordar (se acordar), que todas as esperanças estejam comigo outra vez.
É por isso que mesmo sozinha vou à praia, vou ao cinema, vou jantar ao forum, vou ao ginásio, vou às compras... Por vezes o sol. de solteira é solitária mas não é solidão.
beijo
busycat

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Era assim



Ficou assim:
Se calhar estava bom...
beijo
busycat

Cansada mas mais realizada

Eu gosto de saber as coisas com tempo. Mesmo que não tenha nada planeado gosto de saber as coisas com antecendência para me organizar. Os meus pais vêm cá hoje. Em oito anos de Coimbra é a primeira visita não obrigatória que me fazem, sendo que foram obrigados a vir trazer-me aquando a mudança, na benção das pastas e pouco mais. No cortejo nunca lhes pedi que achava aquilo degradante demais para isso.
Na segunda-feira atendeu o meu pai que logo me perguntou: quando é que vais ao ginásio? Ora se a pergunta é estranha é muito mais sendo o meu pai a perguntar. Afinal só queriam vir cá e assim não perturbam a rotina semanal (tão atenciosos que me deixaram orgulhosa por estarem tão bem educadinhos). Mesmo queridos!!
Então assim, na 2a fui ao ginásio e li até as 2h, na 3a fiz uma maratona de compras, lida doméstica, cozinhar e etc que durou até as 3h, na 4a fiz um tiramisu (que tinha falhado na véspera), fui ao ginásio, jantei com a V (primeiro jantar com a V desde que foi para a casinha nova) e tomei café que durou até a 1h e hoje estou total e completamente disponível para atender os meus pais.
Asseguro que ontem não dormi, aterrei, mas aterrei feliz.
beijo
busycat

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Lidos

O problema destes livros é so um. Acabam. E porque é que acabam? Porque não se consegue largá-los nem por decreto. É por isto que eu não leio na cama. Enquanto não acabar não durmo e depois de ler estou tão acordada e embrenhada na histótia que também não durmo. É um autêntico dilema e sinceramente não percebo como houve pessoas a esperar meses até sair o 4º e último livro. Eu vou ter de esperar 15 dias e já me estou a coçar de ansiedade (se bem que a minha irmã já se desbroncou um bocado).
Era suposto demorar 2 semanitas a ler as 600 páginas mas não deu.

beijo
busycat

Ontem eram as 2h e sono nem vê-lo.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Balanço do 25

Para quem tinha dúvidas da importância de um quarto de século na vida de uma pessoa, mesmo na vida duma pessoa comum como eu, dois exemplos práticos:
Eu fui a Londres;
A Pips arranjou namorado;

Marcos incontornáveis da minha vida.

Um beijo parabenizador
Beijo
busycat

sábado, 8 de agosto de 2009

Trabalhar! Tão bom...

São só 11h, tu consegues... As tuas 11h até são mais fáceis porque são ao sábado. Vá não te queixes...
beijo
busycat

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Os burgueses lá do burgo*

Então temos, a perfeccionista gozada (que sou eu), o colega inteligente semi-alegre e a colega ovokinderwannabe (que agora é ovo kinder), a distraída mor e a responsável perversa, a super mulher (recém avó) e a sra de todos os males. Por estes dias estamos sem a responsável, sem a ovo kinder e sem a super mulher. Estão a imaginar como isto está a correr bem? A sorte é que todos acham que eu não faço nada, senão se eu trabalhasse nem imagino...
E porque é que acham que não fazemos nada? Porque temos a sorte de nos darmos todos bem e termos a liberdade suficiente para nos rirmos das parvoíces uns dos outros ao ponto de temer-mos o carnaval e ser conhecidos por pregarmos umas partidas muito boas. No fundo, se não fosse a boa disposição que reina a maior parte dos dias já tinha havido batatada na certa. Que toda a gente sabe que em casa onde não há pão todos ralham e ninguém tem razão...
beijo
busycat
*segundo a BGGE aka emprego.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Mais um ano, menos um ano

Ainda não foi este ano que fui a um dos apetecíveis, desejados, sonhados até a exaustão, festivais de verão.
Quando eu digo que não gosto de sonhar (a dormir) falo muito a sério. Sonho muito acordada.
beijo
busycat

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

O A. (ou o meu primeiro caso de hiperactividade adulta)

O A. foi o primeiro estagiário do meu segundo emprego (2005). Em menos de três semanas já estava a jantar em minha casa. Originário de Coimbra, morava em casa dos pais até se lembrar de sair e mudar-se para a minha rua mas quando me deu a notícia eu já tinha saído de lá (2007), pelo que nunca lhe fui pedir a tradicional chávena de açúcar. Mais recentemente (2008) mudou-se para outra rua muito mais perto da minha casa actual. Apesar de quase meu vizinho na habitação e no emprego vai para um ano só o vejo em trânsito, falando apenas ao telefone (quando ligo para o trabalho dele) ou por msg.
Quando após uma msg de bom dia, a resposta se faz acompanhar de um hoje não trabalho estou com os putos nas caldas, tive de rearranjar os meus afazeres, mas fiz por me encontrar com ele só para comentar a ironia da situação... Ele não sabia que eu sou de lá...
E porque é que eu me lembrei disto tudo, porque no meio destes meus dias ligeiramente caóticos e numa das raras pausas que fui obrigada a fazer, qual não foi o meu espanto quando ao abrir o blogger me deparo com a viagem dele para Inglaterra. Invadiram-me a alegria sincera e os mais profundos votos de boa sorte (que voaram até ele) e a noção que vai ser ligeiramente menos meu vizinho...
beijo
boa noite
busycat

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Não mata mas mói

Hoje a M. está a trabalhar 11h. Quando me contou ontem, fiz logo aquela cara de solidariedade e como quem compreende a situação digo-lhe que bem sei que é mau. A resposta é que me apanhou na curva.
M: - Ao sábado é mais fácil!
Ora, eu não sei que mal fiz ao mundo para todos acharem que trabalham mais que eu ou que o trabalho deles é sempre pior que o meu, juro que não sei. O problema é que este é um pensamento que nem me passa pelo pensamento (peço desculpa pela redundância), achar que trabalham menos que eu e por isso quando me dizem isso com todas as letras fico sem resposta. Só porque uma pessoa não chega todos os dias a queixar-se do trabalho depreende-se que não faz nada???? Se assim for começo já hoje a queixar-me.

beijo
busycat

sábado, 1 de agosto de 2009

Sonhos

Faz hoje exactamente 5 anos que comecei a minha vida de trabalhadora. Foi exactamente no dia de hoje no ano de 2004 que a minha mãe deixou de me pagar a renda e a maior parte da minha comida e a pouca roupa que eu compro por ano. Um dia repleto de nervos, após o qual já se seguiram uns quantos mais dramáticos mas ainda assim o primeiro dia que é sempre um dia de nervos. O primeiro emprego pós curso superior no único sítio para onde alterei a carta proformada que mandei para todo o lado, o primeiro emprego que me abriu os olhos para as condições do segundo e actual (apesar de noutra localização), o primeiro emprego que me fez consultar o código do trabalho que afinal não utilizei pois o despedimento acompanhado de indemnização deram muito mais jeito na transição para o segundo emprego. 5 anos de trabalho e poucos desvarios monetários que me fazem chegar a uma simples mas triste conclusão.
P
Nunca vou ser proprietária de uma casa.
P
À muito que sonho ter a minha casa. Mais do que casar ou viajar, quase no mesmo patamar de ter um filho, sonho ter a minha casa. Mas da maneira como as coisas estão após estes 5 anos ou me calha o euromilhões ou vou passar a vida em quartos alugados (que apartamentos sozinha também estão a milhas de distância). Poupanças que não chegam sequer para fazer rir, uns pais que só em sacrificios são os meus idolos mas que mal têm que chegue para eles e para a minha irmã quanto mais para mim e os preços exorbitantes que se praticam em Coimbra deixam-me a sós com esta noção. Logo eu que adoro pensar nisso (bem mais que num vestido branco). Como seriam as cortinas e os tapetes e os pouquissimos móveis, e os jantares fabulásticos que eu iria dar com o adorado faqueiro que a minha mãe tão querida (e com dificuldades) me deu no natal e no aniversário. Eu que nem preciso de estores que se fechem sozinhos ou aspiração central ou coisas dessas xpto que se exigem por estes dias. Eu que nem quero muito espaço, um T1 jeitoso ou um T2 mais pequeno com uma cozinha decente, uns 100m quadrados fariam a minha felicidade...
Por esta hora estaria a sair do meu primeiro dia de trabalho, longe de imaginar que apesar dele não iria ter uma casa em meu nome.


beijo
busycat

Partilhar. (????)

Quando penso em escrever um post e só me surgem os pensamentos deprimentes que costumam povoar a minha mente, desligo o pc.
Há pensamentos que não vale a pena partilhar...
(tipo este)
beijo
busycat

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Mais domingos destes

Céu azul, a lua à distância de um papagaio de papel e um escaldinho de lembrança para trazer para casa.

beijo
busycat

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Momento fofinho do dia

(pela sra que distribui o correio)

Oh menina 2º nome conhece uma 1º e último nome?
Sou eu!
A menina?
Sim, quer ver (no cartão de identificação) 1º, 2º e último nome.
Ah! Não fazia ideia.

:)
beijo
busycat

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Celebration

A dieta acabou e para comemorar nada melhor que bacalhau de cebolada com puré no forno.
A O. esta cá e também gostou.
beijo
busycat

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Acima de tudo intolerante

Sou completamente intolerante no que toca a planos falhados. Acho que sou a pessoa com a maior percentagem de planos que não se concluíram na história da humanidade (se calhar ainda bem, sabe-se lá que merdas poderiam acontecer se se realizassem as coisas que penso fazer). Desde cafés nunca tomados a saídas nunca efectivadas há muitos. Consequentemente faço planos para mim e pouco mais e assim quando falham a culpa é só minha e logo se arranja uma nova data. É por isto que é bom quando uma saída previsivelmente má se transforma numa agradável surpresa!
Este sábado foi um destes dias, à partida a viagem a Lisboa assemelhava-se a mais um daqueles dias abominaveis na alameda e transformou-se numa das tardes mais encantadoras alguma vez por mim gozada em tal cidade. Desde Cristo Rei a Mosteiro do Jerónimos, de Pasteis de Belem na origem a jantar na Portugália passando por 7 meios de transporte diferentes (carro (até Alameda), comboio (Areeiro-Pragal), táxi (Pragal-Cristo Rei), autocarro (Cristo Rei-Cacilhas), barco (Cacilhas-Cais do Sodré), eléctrico (Cais do Sodré-Belém), comboio (Belém-Cais do Sodré), metro (Cais do Sodré-Alameda)) de e para cada um destes lugares, para acabar a noite na disco depois de uma partidinha de bowling já em casa, tarde o suficiente para passar na padaria a comprar pão fresco.
beijo
busycat
Aqui fica o pedido de desculpas por todos os impropérios que me passaram pela cabeça quando me vi obrigada a acompanhar os meus pais nesta demanda. Obrigada a eles.

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Ainda não

Há quase uma semana que não durmo coisa que se veja, ou sono descansado, ou o que seja. Não ando bem e por isso também não tenho escrito. Quando não durmo (o pouco que preciso) não me reconheço ou melhor fico de tal modo deprimida que me vejo como não gosto de me ver: como sou. Exacerbam-se as minhas capacidades anti-sociais para bem dos convivas obrigatórios (como colegas de casa e de trabalho), ao aliar uma dieta semi restritiva a uma semana sem dormir e sou quase insuportável... Quando não estou bem não consigo estar bem para ninguém. Nesse aspecto sou extremamente egoísta mas não consigo ser diferente. Acabo sempre por precisar do isolamento que tento minimizar quando estou bem. Por outro lado fico muito mais sensível nas minhas carências afectivas ao ponto de dar o que preciso e precisar de muito mais que o habitual (que costuma ser nada).
E porque não gosto de estar/ser assim vou continuar a não escrever. Por pouco tempo espero.
beijo
busycat

sábado, 4 de julho de 2009

Seriam 26


Beijo
Ana

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Contigo

Esta noite sonhei contigo. Não sei se foi pela proximidade da tua data de nascimento se por outra coisa qualquer. Sonhei-te nitidamente. Tão nítido como há 5 anos, tão nítido como há quase 9 anos dentro e fora dos meus sonhos, tão nítido que quase te toquei. Não acordei cansada, talvez por seres tu no meu sonho, mas acordei esquisita, sentia-te mais pesado na lembrança e no coração. Estarias no terminus do teu quarto de século...

beijo
busycat

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Atention please

Warning Advise
I'm on a diet.
Extreme mood swings are expected.
Thank you.

beijo
busycat

terça-feira, 30 de junho de 2009

Férias, Transformers 2 e Michael Jackson

Tive na semana passada as minhas primeiras férias deste ano. Talvez por não ter nenhum plano para elas foram umas das melhores férias que tive nos últimos tempos. Houve tempo para muito e do muito não fez parte dormir mas dormir é coisa que se faz mesmo não estando de férias...

Houve tempo para limpar a casa, ver as marchas, tomar café a beira mar, descobrir finalmente que posso arranjar o carro, ir a praia com o primo A., ir ao bowling, ver futsal e ir a pé até ao cinema ver Transformers 2 na sessão da meia noite, ir a praia com a prima J., apanhar um escaldão e ver futsal, passar a ferro, ver futsal e ir ao bowling descobrir que o Michael Jackson morreu aos 50 anos, ir a praia só com a mana, comprar a prenda de aniv da mãe e ir ao bar do amigo da mana, descobrir que todos os canais de musica fazem tributo ao mesmo tempo, levar e buscar a mana ao summer job, quase cortar os pulsos tal era o enjoo causado pelos tributos, ajudar a mãe a preparar o almoço de aniv, fazer as malas e voltar.

Estive com a mana, o pai e a mãe, os tios, a avó R. e os meus putos mais lindos J., A. e M., a T. loira e o O. (ultimo nome), conheci o L. e o B.(alcunha), e estava lá o tio A. com a prima F., falei com o P. (alcunha) e o S. amigos telefónicos da mana, fui ao cinema com a mana e o J. amigo da mana mas antes não tivesse ido que além de me ter chulado o bilhete foi muito má companhia, vi toda a gente no futsal, os twins (que também vi na praia e no bowling) e o A. (que agora é treinador), o T-rex (nova alcunha para substituir a F. que lhe chamam), o V. (nem sei o que este nome é). Entre os jogadores de futsal revi o verme, revi o ''ex-marido'' da mana, conheci o A. (alcunha). Visitámos a P. no seu local de trabalho e saímos com ela e com a prima C. dela. Fomos ao bar do R. e estava lá meio mundo que eu reconheço mas não conheço.

Foi uma semana e eu não sou feliz por estar ocupada mas estar ocupada impede-me de pensar no quão infeliz poderia ser...
beijo
busycat

terça-feira, 23 de junho de 2009

Sei...

que a minha cara transparece os meus sentimentos quando me é servido um café sem que eu tenha tempo de dizer bom dia. Mas também está uma pessoa de férias e tem de se levantar a mesma hora de ir trabalhar!!!!

beijo
busycat

domingo, 21 de junho de 2009

A sobrevivência está na adaptibilidade aka capacidade de adaptação

Há coisas para as quais eu não estou preparada e definitivamente não fui talhada para as desfrutar. Assim acontece com bailes, marchas e afins. Não consigo gostar do ambiente, nem me consigo abstrair da música, admiro quem tem a paciência de participar tal é o desconforto que me causa ir lá.
P
Pelo contrário há coisas para as quais tenho a certeza que estou destinada e no entanto não vejo resolução. Filhos. Um grande inconveniente, encontrar um pai. Apesar da existência de bancos de esperma, ser tubo de ensaio não faz muito o meu género, assim como, preferia o prazer da concepção.
P
E depois há situações que abalam todas as coisas ditas anteriormente. Quando vejo colegas de primária seguidos por catrefadas de filhos dirigindo-se para o recinto das marchas dou graças a deus por ser quem sou e sou feliz, nos próximos minutos pelo menos.
P
beijo
busycat

sábado, 20 de junho de 2009

As leituras pertinentes

No mesmo dia em que li a Pips li n' A Dama das Camélias de Alexandre Dumas , filho, o seguinte:

Por muito que se ame uma mulher, por muita confiança que se tenha nela, por muita certeza quanto ao futuro que nos dê o seu passado, é-se sempre mais ou menos ciumento. Se já esteve apaixonado, apaixonado a sério, deve ter sentido essa necessidade de isolar do mundo o ser no qual desejaria viver por inteiro. Parece que, por muito indiferente que seja ao que a rodeia, a mulher amada perde perfume e unidade em contacto com os homens e as coisas. Eu sentia isso mais do que qualquer outro*.

Ainda não sei se ela já leu o livro mas o texto pareceu adequar-se tanto aquele desabafo que não resisti a postá-lo.

beijo
busycat

*pág. 126 livros de bolso europa-américa, 2a edição

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Não requer massa cinzenta

Por causa de uma mensagem que me fez rir comentei com o colega de trabalho que mesmo dormindo na mesma cama, se houver uma melga no quarto, eu acordo bem e a minha irmã toda picada. Ao que ele conclui: Oh 1ºe2º nome, nem as melgas te querem!
E é assim...

beijo
busycat

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Jantar de aniversário

Depois de adiar mais de 3 vezes, sempre por indisponibilidade de pelo menos um dos meus 5 convidados, consegui marcar para hoje o meu jantar de aniversário. Mesmo assim, tive de o fazer em casa porque um deles está doente e assim não teve de sair de casa. E além disso um deles apontou-me como causa para não estudar e se chumbar é por minha culpa e outro acabou por perder uma antestreia ganha não sei onde. Se mesmo idealizando e executando o jantar, comprando e arrumando tudo foi esta dificuldade não deve mesmo valer a pena esforçar-me.
O que vale e que eu gosto mesmo de cozinhar e para hoje saiu mini croquetes de entrada, bacalhau em cebolada no forno com batatas fritas e carte d'or paixao de caramelo para a sobremesa.
beijo
busycat

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Amor em Tempos de Cólera

Este post sobre este livro de Gabriel García Márquez vai ter um spoiler por isso se tencionarem ler o livro não continuem a ler, obrigado.

Este livro é tão bom e está tão bem escrito e tem tantas frases boas que não consegui reter nenhuma. Teria de reler o livro todo e sublinhar mais de metade das páginas tal é a cadência de boas ideias que o compõe.
É amor do mais puro e duro descrito, e interpretado ao longo de mais de 50 anos de duas personagens no mínimo apaixonantes que são Fermina Daza e Florentino Ariza... São relatos tragico-cómicos das venturas e desventuras amorosas destes dois e daqueles com quem se cruzaram. O livro começa com uma morte, para mim especial, que depois nos remete para 51 anos 9 meses e 4 dias antes acabando 53 anos 11 meses e 2 dias depois dessa data num estado tal de felicidade que nos faz acreditar que é possivel esperar para ser feliz.
Há livros e livros e nos últimos tempos li alguns bastante pertinentes. Tenha andado a pensar se será assim tão dificil arranjar um rapaz que goste de ler, ver tv mas também de ir a disco, mas depois deste livro sei que posso esperar. Afinal eles só demoraram cinquenta e tres anos, onze meses e dois dias ao longo de 371 pág para terem finalmente a vida toda para eles.



beijo
busycat

quarta-feira, 10 de junho de 2009

O 53 no vício


(por causa das saudades, porque é um dos meus sitios preferidos deste país (e dos melhores também) e porque um 53 destes é de fotografar para mais tarde recordar)
beijo
busycat

Palpitações

Não é segredo que vou ao ginásio três vezes por semana e acho até que já comentei a existência do panela de pressão (novo prof) pelo qual deixei de fazer duas aulas de body combat passando para apenas uma a quinta-feira (que esta semana passou para sexta por motivos óbvios) e que foi substituída por mais uma ida para fazer cardiofitness, o que não me lembro de ter descrito foram as outras alterações que ocorreram e que têm algum impacto na minha forma física e mental. :)
O ginásio que frequento esteve/está em obras para remodelação o que fez com que as máquinas que utilizo mais frequentemente tenham mudado de sitio. Ora, por estes dias, a minha preferida, e por onde me demoro mais, ficou mesmo ao pé da barra. E por barra refiro-me mesmo a uma barra de metal horizontal onde o ppl da musculação vai fazer uns push ups. Acredito que não tenha sido de propósito mas uma pessoa até vai ao ginásio largar umas massas (em vários sentidos) com o intuito de acelerar a pulsação mas não precisavam de exagerar!!! Qualquer dia dá-me uma coisinha má e ainda pensam que é do exercicio.
beijo
busycat

domingo, 7 de junho de 2009

Contas a vida








Ainda ninguém sentiu a extrema necessidade de me mandar a merda!


15 dias de email disponivel e nem um recebido!


Menos mal


beijo
busycat

Foi 6a 9 e ninguém me avisou???

Sei que não me posso apegar, de preferência não associar nomes a caras mas por vezes é inevitável. Tal como é inevitável a evolução da situação deles.
Para o bem e para o mal somos sempre atingidos pelos efeitos colaterias daqueles olhos que ora nos vêm ora não nos reconhecem e daqueles lábios que ora sorriem ora estão ocultos. A felicidade é só baseada na esperança de nunca mais os vermos. A tristeza é sempre a mesma. Nunca mais os vamos ver.

Primeiro o ZC, agora o LV. Assim não vale!

beijo
busycat

sexta-feira, 29 de maio de 2009

The bad new me

As pessoas fazem-me ser má. Mesquinha. Azeda. Mas elas acham, como eu, que toda a gente é como elas. Eu tomo toda a gente por boazinha e de boa fé e depois levo com cada naifada que até me torço. Mas é com essas mesmas pessoas que aprendo. Mas para o bem e para o mal só vão provando do seu próprio veneno nas minhas respostas ou ausência delas. Eu não gosto de como me estou a tornar mas elas não me dão alternativa.

beijo
busycat

PS: como se diz na 2a casa: 20 pai nossos e 30 avé marias

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Toura


Sou tanto de carneirada como carneiro.

beijo
busycat

(nota para os mais distraídos: sou touro)

sábado, 23 de maio de 2009

Eu ainda sou do tempo

''Nostalgiei'' por causa de uma camisola ''Real 7'' que andava no ginásio uma destas tardes. Acho mesmo que senti saudades dos tempos em que a TVI dava futebol em vez de novelas. Ele era a liga portuguesa, espanhola, inglesa, italiana....

Eu ainda sou do tempo dos irmãos De Boer no Barcelona (o Frank e o Ronald), do Guardiola a central (o meu central preferido de todos os tempos), da careca do de la Peña, do Saviola e do Zambrotta, dos tiraços do Roberto Carlos no Real (cada livre era uma emoção), do tempo em que o Ronaldo (o verdadeiro) era magro e marcava muitos golos. Era sempre pelo Barcelona e o meu pai sempre pelo Real mas víamos todos os jogos, desde o bom do Valência até ao Sevilla, marchava tudo... O entusiasmo era tanto que numa das idas a Espanha pedi-lhe para me comprar o AS (acho que ainda o tenho lá em casa).

Eu ainda sou do tempo do Manchester muito pré Cristiano, muito antes do Chelsea estrela da premiere league, antes dos mil e duzentos cortes de cabelo do Beckham (pré Victoria portanto). Era a única liga em que estávamos de acordo, eu e o meu pai, e dividíamos as preferencias entre o Manchester United e o Liverpool porque na liga italiana o meu pai era sempre do Milan e eu do Inter.

Eram bons tempos realmente.

beijo

busycat

PS: alguns nomes foram retirados da net. Eu sabia dizê-los já escrevê-los!!!

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Já agora

o perfume escolhido foi Hugo Boss XX summer edition.

(fresco e citrico como eu gosto)

beijo
busycat

Sou como era

Tótó. Senão vejamos, quem é que nas vésperas do seu 20 aniversário vai a uma Valentim de Carvalho ajudar a comprar a própria prenda e fica tão absorvida com a disposição dos cd's que nem repara?... Quem é que nesse mesmo aniversário fica excitadíssima pela possibilidade de poder apoderar-se de uma cópia desse cd assim que ele fosse oferecido a suposta aniversariante que era a irmã de uma colega de turma? Quem é que mais tarde escolhe o próprio postal para supostamente oferecer a outra aniversariante? Claro que no meu dia de anos quando as vi com aquelas caras de caso e reparo nos sacos nem podia acreditar que era assim tótó.
P
Passados 6 anos continuo espantosamente tótó. A ponto de ser convencida a escolher um perfume nas Caldas e nem me lembrar que o poderia receber em Coimbra...
P
Há espiões em todo o lado!
P
beijo
busycat

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Se ela soubesse

Não há coisa que mais se junte lá em casa que roupa para passar a ferro, logo a seguir ao pó. Ainda antes de ontem estive de volta da roupa e já tenho mais para lidar...
Tivesse Deus mostrado a Eva o que seria a vida dela depois da maçã e aposto que não a teria trincado e muito menos dado ao Adão.

beijo
busycat

terça-feira, 19 de maio de 2009

Só por isso mesmo

A O. está cá.
Adormecer com um beijinho deixa-me crer que se não acordar fiz tudo o que tinha a fazer...

beijo
busycat

domingo, 17 de maio de 2009

A partir de agora

Ofereço um endereço:

busycat83@gmail.com

assim quando vos apetecer mandar-me a merda podem mandar uma foto...

beijo
busycat

sábado, 16 de maio de 2009

Deeper underground


Introdução...
Eu não sou do género de causar impacto, ou, for the record, não costumo causar boas impressões a primeira, a maior parte das vezes nem a segunda e se depois de me conhecerem não fugirem, fujo eu. As minhas dificuldades relacionais extrapolam em primeiros contactos então se for muita gente ao mesmo tempo tento a todo o custo desaparecer. Isto de ser anti-social tem muito que se lhe diga. Até a Pips me achou antipática quando me conheceu e o facto de nos termos tornado amigas só aconteceu porque começámos a falar por mensagem (telemóvel) a mais de 300km uma da outra o que lhe permitiu aceder a um nível mais profundo de mim ao qual quase ninguém acede.
Desenvolvimento....
Não sei explicar mas quando te dirigiste a mim o resto do mundo deixou de existir por uns segundos. Cumprimentaste-me apesar de nunca nos termos visto e nunca foi tão dispensável sermos apresentados. Não sei quase nada de ti e tu idem aspas de mim. Só te vi mais uma vez, diz-me quem nos conhece que ficaste diferente, a mim aceleraste a pulsação (isto ela não sabe). O teu nome está em todo o lado e ao mesmo tempo apenas nos meus olhos e ouvidos. Diz-me quem nos conhece que causei impacto, ela por ser cusca não sabe o impacto que causaste em mim.
Conclusão...
Pode ser falta de hábito mas é estranho existir além de mim.
P
beijo
bom fds
busycat

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Taras e manias*

Gosto de calças (preferencialmente de ganga mas não tenho muitas), sapatilhas (quase sempre stan smith, tenho dois pares de sapatos e estão ali no blog), camisas (muitas de riscas), ter o cabelo apanhado (no mínimo tem de ficar por trás das orelhas, tenho sempre um elástico comigo), brincos (sempre mais pequenos que o lóbulo da orelha, devo ter uns 18 pares), um bocado de perfume (neste momento tenho dois que gosto), ir ao ginásio (pelo exercício físico e visual), trabalhar onde trabalho (pelo quase diário bom ambiente), ler (desde que acabei o curso a dois anos ando a recuperar o tempo perdido), de ver séries (ainda bem que só tenho 4 canais a maior parte do tempo), caminhar (alguns km por domingo), ouvir música (principalmente rádio mas se não gostar da música que ouço não me consigo abstrair e mudo de estação), dormir pouco mas profundamente (numa cama de lençóis bem esticados, sem sonhar, já basta o que sonho acordada), ervilhas (sozinhas ou acompanhadas para comer com carne ou peixe, talvez por isso tenha uma teoria chamada ''O mundo é uma ervilha'', coisa para outro post), coisas simples, e paz (pelo menos de vez em quando)

Não gosto de saias (em mim, não tendo nada contra inclusive mini-saias desde que nas pernas certas), de decotes (mais uma vez, em mim, não tendo nada contra decotes moderados mesmo que sejam vestidos pela minha irmã), sapatos de salto alto (apesar de admirar quem os consegue usar diariamente), sapatilhas com amortecedores (quer seja neles ou nelas), bolos com cremes (de qualquer tipo, muito menos natas), molhos (muito menos em cima de comidas á partida cheias de potencial), caldo verde (não consigo explicar tendo em conta que adoro todas as verduras menos feijão verde e o Sporting) comidas estranhas (e pessoas que melgam para as experimentar), chá (a não ser que esteja muito doente e só de limão), imposições (até porque se me explicarem e derem algum tempo acabo por aceitar como sugestão) e muitas pessoas (a não ser que sejam em tão grande número que passe total e completamente despercebida).
P
Enfim, uma seca...
P
beijo
busycat

* sem Marco Paulo